www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Quinta, 28 de outubro de 2021
Publicidade
Publicidade

Economia

A EMPRESA QUE SANGROU O PÁIS NO MAIOR ESQUEMA DE CORRUPÇÃO CONTINUA A SANGRAR O POVO

Por: Henrique Ferraz

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Petrolífera Brasileira que foi palco do maior escândalo de corrupção na história do Brasil sangrou os cofres da nação por décadas a fio de roubalheira, e hoje sangra o povo brasileiro através de sua política de preços e aumentos constantes no gás, diesel e gasolina, para beneficiar seus investidores.

Somente no início do ano a Petrobrás anunciou a distribuição de 10,3 bilhões em dividendos a seus acionistas “especuladores do mercado financeiro detentores de ações da petroleira”, segundo reportagem publicada na Folha Uol no dia 24/02/21.

Enquanto os especuladores lucram com  isso, os aumentos praticados pela estatal contribuem de forma significativa no aumento da inflação corroendo o poder aquisitivo do povo brasileiro prejudicando a já combalida economia afetada pela pandemia do coravírus.

No meu entendimento a Petrobrás deveria ser única e exclusivamente do governo brasileiro, sem participação do capital privado e, praticar uma política de preços capaz de cobrir suas despesas acrescentando uma margem de 3% a 5% para investimentos futuros. Aí sim o povo brasileiro estaria pagando por um preço justo, acessível e que iria propiciar uma melhora significativa na economia, favorecendo a nação como um todo.

Sei que serei rotulado de comunista ou esquerdista, mas a questão aqui não é de ideologia política, mas sim de justiça social acompanhada do crescimento da economia em sua totalidade, fazendo com que as empresas possam crescer e, se desenvolver e gerar emprego e renda para o povo brasileiro. Afinal o petróleo extraído de nossas jazidas pertence a nação e ao povo brasileiro e não a uns milhares de especuladores.

O governo petista errou ao provar o maior escândalo de roubalheira na estatal, Bolsanaro erra ao manter essa política de preços opressora do povo e favorável aos especuladores.

 

 

 

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade