www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Sábado, 12 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Geral

Acão parlamentar de  Luis Cláudio da Agricultura garantiu 107 milhões para a obra

Luis Cláudio viabilizou agendas positivas de grande impacto para a materialização da segunda maior ponte fluvial do Brasil,

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

      A Ponte do Abunã, que liga Rondônia ao Acre tem inauguração marcada para o próximo dia 07 desse mês. A ponte interliga o Acre ao resto do Brasil através da BR 364 e permite conexão coma BR 317, a Transoceânica, que liga o Brasil ao Porto de Ilo, no Peru.

               O então deputado federal Luis Claudio da Agricultura teve participação decisiva nos movimentos que agilizaram liberação de recursos. Foi através da articulação de Luis Claudio que a Ponte do Abunã foi inserida entre as cem obras prioritárias do Departamento Nacional de Infra Estrutura e Transportes.

               A Ponte do Abunã é uma grandiosa e imprescindível obra que traz a marca do trabalho do ex-deputado federal Luis Cláudio da Agricultura. Eleito deputado federal pelo PL em 2014, partido ao qual pertencia o Ministro dos  Transportes, Luis Cláudio viabilizou agendas positivas de grande impacto para a materialização da segunda maior ponte fluvial do Brasil, com 1.517 metros de extensão.

Já no primeiro ano de mandato (2014) Luis Cláudio destinou R$ 22.788.157 milhões para alavancar a obra.

Em 2015 foram 23 milhões e 397 mil e 883 reais.

Em 2016, 19 milhões e 159 mil.

Em 2017, 13 milhões 945 mil e 870 reais

Em 2018, mais 3 milhões, 884 mil e 678 reais.

O total de recursos intermediados por Luis Cláudio da Agricultura apenas para a obra da Ponte do Abunã chegou a 107 milhões, 804 mil e 678 reais. No conjunto de recursos destinados pelo Ministerio dos Transportes, foram investidos mais de 150 milhões de reais.

               Na opinião do ex-deputado federal Luis Cláudio da Agricultura a liberação da Ponte do Abunã marca um novo ciclo de grandes oportunidades e desenvolvimento tanto para o extremo norte de Rondônia quanto para o Estado do Acre. “O intercâmbio comercial vai ser dinamizado, assim como a partilha de tecnológicas agropecuárias, serviços e cultura. O custo da viagem fica reduzido, assim como o tempo de percurso entre Porto Velho e Rio Branco, por exemplo. E ainda temos, agora, novas possibilidades de expandir relações internacionais, já que temos vias de acesso confiáveis”, disse Luis Claudio.

              

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade