www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Sexta, 12 de agosto de 2022

Esporte

Após 'ordem' de Mbappé, PSG avisa a Neymar que não quer mais o astro; publicação diz que brasileiro se sente 'humilhado'

Diretoria do PSG avisou a Neymar que não quer mais contar com seus serviços e que irá ao mercado para oferecê-lo a outros clubes, segundo El País

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Segundo o jornal El País, a diretoria do PSG avisou a Neymar que não quer mais contar com seus serviços e que irá ao mercado para oferecê-lo a outros clubes.

De acordo com o veículo, a decisão da alta cúpula do Paris já estava formada, mas ganhou ainda mais força quando Kylian Mbappé renovou seu contrato com a equipe e deu a "ordem" para que o brasileiro deixasse o time.

"Mbappé ordenou mudanças na organização e pediu a remoção do agora ex-diretor esportivo do clube, Leonardo, famoso cúmplice de Neymar", escreveu o veículo.

"A respeito de Neymar, Mbappé ainda ressaltou a inconveniência que todos já sabiam: sua indisciplina sistemática nos treinos e na recuperação de lesões", acrescentou.

A bomba nos bastidores vem poucos dias depois do presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, conceder entrevista ao jornal Le Parisien na qual declarou que iria colocar fim à "era do glitter" no vestiário do time.

"Não queremos mais jogadores chamativos. É o fim do bling-bling e do glitter", disparou.

Neymar durante jogo entre PSG e Real Madrid, pela Champions League David Ramos/Getty Images

Ainda segundo o El País, o Paris sabe que é praticamente impossível vender Neymar para outra equipe, principalmente por causa do salário nababesco do craque.

Com isso, a alta cúpula do Qatar pediu ao novo diretor de futebol da equipe, Luís Campos, que passe a trabalhar com a possibilidade de um empréstimo do camisa 10, com o PSG pagando até mesmo grande parte do salário.

O jornal afirma que o estafe de Ney recebeu muito mal as mais recentes movimentações do time da capital francesa, e que o atacante está se sentindo "humilhado" com a situação.

"Neymar disse às suas pessoas de confiança do PSG que se sente humilhado, e que agora espera ter a oportunidade de jogar em outro grande clube - talvez um possível retorno ao Barcelona- para demonstrar a seus patrões que eles estão errados", destacou o veículo.

Vale lembrar que, na última temporada, Neymar só participou de 28 jogos do Paris, ficando ausente em 22 partidas por diversos motivos (lesões, acúmulo de cartões e licenças).

Fontes da equipe ouvidas pelo diário espanhol ainda apontaram que ele não se cuida como deveria.

"Neymar não gosta de treinar. Vem jogando com três ou quatro quilos a mais durante anos", disse uma pessoa influente na equipe, que preferiu não se identificar.

 

Fonte/Créditos: espn

Comentários: