www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Sexta, 12 de agosto de 2022

Policial

Assassinatos de cadeirante e em campo foram motivados por briga de facções, diz Polícia

O delegado Cícero Cavalcante representou pelas prisões temporárias dos acusados e a justiça autorizou.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil prendeu Matheus Lima de Andrade e Elivelton Bechimol Mota, na manhã desta quinta-feira (30), durante operação realizada pela 2ª Delegacia de Homicídios de Porto Velho, coordenada pelo delegado Cícero Cavalcante, que apura dois assassinados ocorridos na capital, este ano. Outras três pessoas foram presas durante a ação.

De acordo com o delegado José Marcos, as duas mortes foram praticadas por um único motivo, que seria briga entre facções criminosas, que atuam na capital.

Segundo a Polícia, Matheus Lima é apontado como um dos autores da morte do ex-presidiário Luan Cristian Pantoja Neves, 31 anos, ocorrida na noite do dia 19 de abril deste ano, no campo de futebol da Associação Futebolística do Areal (AFA), localizado na rua Princesa Isabel, bairro Areal, na capital. A vítima foi morta com cerca de 10 tiros, efetuados por dois homens que ocupavam um veículo Peugeot.

Os dois presos nesta quinta-feira

Matheus é investigado em outros dois assassinatos, apurados pela 2ª Delegacia de Homicídios. A função dele era matar as vítimas, segundo a Polícia. Nesta manhã, durante o cumprimento das cautelares, ele foi flagrado com duas armas de fogo em seu apartamento e várias munições.

Já Elivelton Bechimol, é apontado como um dos autores da morte do cadeirante Ivan Luiz de Souza Rodrigues, 44 anos, assassinado com dois tiros na noite do dia 13 de maio deste ano, em um bar, localizado na Rua Norberto, bairro Esperança da Comunidade, na zona leste da capital. Alex Ribeiro Barbosa, 25 anos, também foi baleado, mas conseguiu sobreviver.

No dia do crime, Ivan e Alex, estavam em um bar, quando Elivelton, chegou ao local armado, juntamente com um comparsa e matou a vítima. Ele foi reconhecido por Alex, como um dos autores do crime.

Com o avanço das investigações, o delegado Cícero Cavalcante representou pelas prisões temporárias dos acusados e a justiça autorizou.

Foragidos

A Polícia Civil divulgou imagens do foragido Gabriel Alfredo Nascimento Pontes, apontado como um dos autores da morte de Luan Cristian e Cliveland Richard Soares, que teria participado do assassinato de Ivan Luiz.

Qualquer informação que possa levar até o paradeiro dos criminosos, pode ser repassada através do 197 da Polícia Civil ou 190 da Polícia Militar.

Fonte/Créditos: rondoniagora

Comentários: