www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Quinta, 28 de outubro de 2021
Publicidade
Publicidade

Cidades

Ativista Irailton “Terrinha” sofre atentado

“Recentemente, Irailton D’aurea, o Terrinha, foi “caçado” e jurado de morte por pistoleiro na zona leste de Porto Velho”

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

                Cerca de quarenta dias após ter sido procurado em diversos pontos da Zona Leste de Porto Velho por um homem armado, noticiando que o ativista social Irailton Dáurea de Souza, o Terrinha, estava “com as horas contadas”, um nova ocorrencia mostra que o líder comunitário está, realmente, correndo risco de morte.

               Na noite de quinta feira, 12, o carro de Terrinha, que estava estacionado em frente sua residência, na Zona Leste, foi alvejado por três projéteis de arma de fogo, presumivelmente calibre P.40.

               Ele disse que ouviu os disparos, mas não achou que pudessem ser direcionado ao seu carro ou a sua residência, sendo informado disso pelos vizinhos. A parede da casa também foi alvejada, além da lataria e de um dos pneus.

               Terrinha preferiu não polemizar o caso e adotou a providências de praxe. Uma guarnição da PM esteve no local, recolheu os projéteis e provavelmente vai requisitar imagens de câmeras de seguranças instaladas na vizinhaça.

               A luta de Terrinha pela legalização de milhares de terrenos em quase todos os bairros de Porto Velho pode estar motivando a ira de pessoas interessadas em lucrar com especulação imobiliária. Terrinha é remanescentes de um antigo grupo de atividades liderados, décadas atrás, pela deputado Raquel Cândido e pelo deputado Ernandes Indio. De forte representatividade política, Terrinha deverá participar do pleito ano que vem pelo Partido Liberal, presidido pelo ex-deputado federal Luis Claudio da Agricultura.

    “Eu confio plenamente no trabalho das nossas forças policiais, principalmente nos grupos de investigação. Não tenho duvidas que logo tudo será solucionado”, comentou Terrinha.

              

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade