Hoje Amazônia - Portal de Notícias

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Política

CARA DE PAU - O pedido inacreditável que Bolsonaro fez a Moraes

Investigado por planejar um golpe de estado, entre outras acusações, o ex-presidente está com os passaportes apreendidos

Benê Barbosa
Por Benê Barbosa
CARA DE PAU - O pedido inacreditável que Bolsonaro fez a Moraes
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Na última semana, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) fez um pedido inacreditável ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, que o investiga - entre outros casos - por planejar uma tentativa de golpe de estado. Com os passaportes apreendidos pelo magistrado, que vê risco de fuga do suspeito, ele pediu a liberação dos documentos. O motivo: quer viajar para Israel em maio.

A informação foi revelada por Lauro Jardim, no jornal O Globo, nesta quinta-feira (28). O colunista lembra que o pedido foi registrado dias antes da revelação de que o ex-presidente se escondeu por 48 horas na embaixada da Hungria em Brasília durante o Carnaval.

Bolsonaro está sem passaportes desde 8 de fevereiro, quando Moraes determinou a apreensão dos documentos no âmbito da operação Tempus Veritatis, que investiga a intentona golpista. A determinação veio dias depois que a Polícia Federal fez uma busca e apreensão na residência do clã em Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro.

Leia Também:

Na petição, a defesa de Bolsonaro explicou melhor o pedido. O ex-presidente foi convidado por Benjamin Netanyahu a fazer uma visita a Israel entre os dias 14 e 18 de maio.

A principal expectativa, conforme apontou o colunista supracitado e é, até certo ponto, um consenso na imprensa nacional, é de que Moraes não atenda ao pedido. Uma vez fora do país, e em nação governada por um aliado, ele poderia simplesmente não retornar.

 

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!