Hoje Amazônia - Portal de Notícias

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Política

Confúcio usa exemplos de sucesso na agricultura familiar para apontar: 'Não precisa mais fazer desmatamento'

Agricultores adotam práticas sustentáveis e tecnológicas

Hoje Amazônia
Por Hoje Amazônia
Confúcio usa exemplos de sucesso na agricultura familiar para apontar: 'Não precisa mais fazer desmatamento'
Pré-candidatos confirmados pelos partidos. — Foto: Montagem/g1
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Porto Velho, RO – O senador de Rondônia, Confúcio Moura (MDB), relatou em seu blog uma visita a Machadinho do Oeste, onde se encontrou com jovens agricultores familiares que estão implementando novas práticas agrícolas. Em conversas separadas, os agricultores destacaram a plantação de milho em pequenas áreas e a produção de silagem para gado, adotando o semiconfinamento com alimentação controlada. Segundo Moura, essas técnicas eliminam a necessidade de desmatamento e focam no uso de maquinário local. Ele também ressaltou a importância da Rondônia Rural Show, iniciativa que visa fornecer conhecimento e financiamento para pequenos produtores rurais. Moura observou que essa nova geração de agricultores está mais consciente e organizada, o que favorece a produção em escala.

O senador mencionou que a Rondônia Rural Show, lançada durante seu mandato como governador, foi crucial para a disseminação de tecnologias agrícolas e apoio financeiro aos pequenos produtores. Em Machadinho do Oeste, essas mudanças já mostram resultados positivos, com agricultores relatando ganhos significativos na engorda do gado.

A adoção de práticas que evitam o desmatamento e utilizam tecnologias agrícolas avançadas demonstra uma mudança de mentalidade entre os jovens produtores, conforme observado por Moura durante sua visita. A nova abordagem visa aumentar a eficiência e a sustentabilidade da produção agrícola na região.

Leia Também:

CONFIRA:

Machadinho – Nova teoria na produção

Por Confúcio Moura

Estive em Machadinho, no início do ano, e conversa vai, conversa vem, me encontrei com dois jovens pequenos agricultores familiares. Conversei com um longe do outro em momentos diferentes. Mas a conversa foi quase a mesma. Eles estão plantando milho em pequenas áreas. Dois a três hectares de milho. Mostraram-me fotos pelo celular. Muito bonito.

Fazem silagem para o gado e já estão fazendo semiconfinamentos de boi, dando ração pro gado leiteiro, no coxo. Não são confinamentos grandes, entre 15 e 30 animais. Um deles me falou que, comendo ração, os bois dele estão engordando em torno de um quilo e setecentos gramas por dia.

Os dois me falaram em separado, que não precisa mais desmatar nada. Não precisa mais fazer desmatamento. Basta terem condição de máquinas locais, de associação com maquinários para atender as pessoas. Ensiladeiras, máquinas para plantar e gradear. Enfim, adubador, distribuidor de calcário… essas coisas todas de tecnologia na agricultura.

Lancei, quando governador, a Rondônia Rural Show, justamente com o objetivo de inovar, de oferecer aos agricultores familiares de Rondônia o conhecimento, as vitrines tecnológicas da exposição e também financiamento para aquisição de máquinas para os pequenos produtores rurais.

Lá em Machadinho eu observei que a coisa está mudando. Demorou um pouco, mas a coisa está desenvolvendo muito bem com a consciência nova. Isso que é fundamental. Os agricultores familiares, essa nova geração está pensando diferente. Isso é muito bom. Agora é só organizar a produção para vender em escala.

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!