www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Domingo, 18 de abril de 2021
Publicidade
Publicidade

Cidades

Grupo francês vai administrar Aeroporto Internacional de Porto Velho

O grupo francês Vinci Airports adquiriu a concessão pagando 420 milhões

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A empresa Vinci Airports arrematou a concessão do aeroporto de Porto Velho e outros seis aeródromos da região Norte por R$ 420 milhões, um ágio de 777,47% em relação ao lance mínimo estabelecido pela Agência Nacionalo de Aviação civil. Além do Aeroporto Internacional de Porto Velho foram arrematados os aeroportos de Manaus, Tefé e Tabatinga – no Amazonas - Rio Branco e Cruzeiro do Sul – no Acre – e o de Boa Vista, em Roraima

Esses seis aeroportos fazem parte do chamado Bloco Norte Integrado e estão entre os outros 22 aeródromos leiloados. As empresas vencedoras do leilão terá a missão de modernizar esses aeroportos. No caso do Aeroporto Governador Jorte Teixeira, reformado em 1998, até  hoje não opera voos internacionais por falta de alfândega. Há um estudo conjunto realizado pelo Estado e pela Receita Federal para implantar a alfandega no aeroporto, mas a proposta nunca se efetivou.

Além de voos internacionais, os investimentos terão impacto econômico no Estatdo de Rondônia, que poderá incrementar o intercâmbio não apenas cultural com outros países, mas principalmente, fortalecer o comércio com Brasil e Bolívia, além de melhoria da indústria turística. A questão da internacionalização do aeroporto, a recuperação da BR-319, e a duplicação da BR-364, são apontadas como as três principais obras de infraestrutura econômica do Estado.

Rondonia Dinâmica

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade