www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Quinta, 28 de outubro de 2021
Publicidade
Publicidade

Agro

Laticínios reduzem novamente  valor pago aos produtores de leite, que agora vão contar com consultores especializados

“O Conselho Estadual do Leite (CONSELEITE)  estabeleceu novo valor de referência para o litro de leite com redução.”

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando


Mesmo diante  de muita reclamação e protestos dos pequenos e médios produtores de leite do Estado de Rondônia, o Conseleite estabeleceu novo preço de referência valor pago por litro de leite onze centavos mais baixo. Esse valor refere-se ao mês de julho e será pago após o dia 20 de agosto.


Importante frisar que os produtores recebiam cinco centavos a título de bônus, resultado de um acordo entre as indústrias de lácteos e os pequenos produtores.


O acordo valeria durante 90 dias, expirando agora. Com isso os produtores tem uma perda de onze centavos por litro de leite entregue aos laticínios.
Os produtores reclamam da política de preços adotada pelo governo, que não prioriza o produtor e da atuação da Fetagro (Federação dos Trabalhadores da Agricultura) que, em tese deveria atender o produtor e não o interesse das industrias como tem acontecido.


Agora, em comum acordo, os pequenos e médios produtores de leite de Rondônia decidiram agir com apoio de especialistas no setor. Para tanto vão contar com apoio do especialista Celso Ricardo, pós graduado em agronegócios, gestão de produção  e MBA em Comércio Exterior e Negócios Internacionais.


Ao buscar parceria com a CR Consultoria os produtores deixam claro o descontentamento em relação ao seus representantes no CONSELEITE e vão cobrar, de novo, em nota oficial, explicação pública sobre o posicionamento da representante da FETAGRO, que repetiu voto contrario ao interesse dos produtores


Eles também vão convocar reunião com o Secretario de Estado da Agricultura, Evandro Padovani e com o deputados estaduais e bancada federal. A especial atenção dos produtores de leite é direcionada ao deputado estadual LAZINHO DA FETRAGRO, eleito com voto dos trabalhadores rurais e, conforme avaliação da categoria, mostra desempenho vexatório diante do que se esperava. 


“Estamos convocando toda a classe política e convidando a sociedade organizada para participar dos debates. É preciso estabelecer políticas publicas para o setor leiteiro e não políticas eleitoreiras”, reclama um dos lideres, informando que o valor de referencia sequer foi atualizado e a desvalorização acontece num momento em que os custos de produção de leite estão mais elevados. 


“De agora em diante o CONSELEITE e os representantes do Governo vão discutir com consultores especializados, devidamente constituídos para nos representar”, garantem os produtores.

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade