Hoje Amazônia - Portal de Notícias

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Policial

Pastor é preso por estuprar missionária e criança de 9 anos em Brasília

Pastor Cesar é acusado de estuprar fiel em Brasília

Benê Barbosa
Por Benê Barbosa
Pastor é preso por estuprar missionária e criança de 9 anos em Brasília
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Júlio César Aparecido Pereira dos Santos, conhecido como Pastor César, foi preso preventivamente em Brasília após ser investigado por estupro. O líder religioso, condenado por violentar uma menina de 9 anos em 2020, cometeu outro estupro contra uma missionária de 41 anos em fevereiro deste ano de acordo com informações do Metrópoles.

Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, o pastor teria se aproveitado de sua influência religiosa para convidar a vítima a um monte em Samambaia sob pretexto de um encontro para orações. Antes de chegarem ao local, ele desviou o caminho e a estuprou em sua própria casa.

Após a denúncia da vítima à polícia, o criminoso tentou persuadi-la a retirar a queixa, enviando um áudio.

Leia Também:

Além do primeiro estupro, o pastor tem antecedentes criminais por diversos delitos, incluindo violência doméstica, tráfico de drogas, homicídio e furto. Ele foi condenado a 16 anos e 3 meses de reclusão pelo crime de 2020, mas evitou o cumprimento da pena fornecendo endereços incorretos à Justiça.

A polícia divulgou a imagem do pastor César para que, em caso de mais vítimas, as denúncias possam ser feitas.

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!