www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Quinta, 28 de outubro de 2021
Publicidade
Publicidade

Geral

Programa de Iluminação Pública é expandido em Porto Velho

Ação acontece nesta sexta-feira (24) e sábado (25)

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
As redes de iluminação pública da capital serão modernizadas pela Prefeitura de Porto Velho para melhorar a qualidade do serviço prestado à população e reduzir o consumo de energia, por meio da execução do Programa de Eficiência Energética (Proled).

Nesta sexta-feira e sábado (24 e 25), a Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur) realiza a expansão da primeira fase do Proled, que tem o intuito de trocar as luminárias de vapor de sódio e metálico por luminárias de led.

Na sexta, os trabalhos serão executados na avenida José Amador dos Reis, no trecho da Avenida Amazonas até a Rua Mário Andreazza, das 17h até as 23h. No sábado, as equipes da Emdur realizam os trabalhos na avenida Farquar e Lauro Sodré, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

TRÂNSITO

A Emdur orienta aos condutores de veículos e moradores da região em que os trabalhos serão realizados para redobrar a atenção, pois alguns trechos das vias podem ficar isoladas para dar mais segurança e agilidade aos serviços.

Para garantir mais segurança na logística dos serviços, a ação contará com o apoio da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte.

EFICÁCIA

As luminárias em led são em média 67% mais econômicas que as lâmpadas de vapor metálicas, com uma luminosidade maior.

De acordo com o estudo técnico apresentado pela Emdur, a vida útil do equipamento de led chega a ultrapassar as 50 mil horas, enquanto a durabilidade das fluorescentes fica entre 10 mil e 15 mil horas e a das incandescentes não costuma passar de mil horas. No quesito economicidade as lâmpadas existentes são de 400W e as luminárias leds que serão colocadas são de 150W, sendo uma redução de 250W que equivale a R $90,00, por ponto.




Fonte/Créditos: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade