www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Terça, 30 de novembro de 2021
Publicidade
Publicidade

Cidades

Programas estratégicos possibilitam o desenvolvendo educacional em Porto Velho

Prefeitura investe em programas específicos na Primeira Infância

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Reconhecimento e valorização dos trabalhadores em educação são metas recorrentes de qualquer planejamento de uma gestão responsável com o setor. Para colaborar neste processo, a Prefeitura de Porto Velho tem instituído uma série de programas estratégicos que visam o desenvolvimento educacional, seja dos alunos ou dos servidores.



Desde o primeiro ano de gestão do prefeito Hildon Chaves, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) implantou a Política de Formação Continuada na rede. Os professores, por exemplo, passam por capacitação frequente e esses momentos estratégicos não são aleatórios. “Na verdade são identificados e evidenciados dentro das nossas escolas, as necessidades de nossos alunos baseado no grau dificuldade na aprendizagem: língua portuguesa ou matemática?”, questionou Gláucia Negreiros, titular da Semed.

De acordo com ela, todos os projetos instituídos têm o objetivo principal de efetivar e melhorar o processo de ensino e contribuir para que as crianças realmente tenham como resultado a aprendizagem.

ALFABETIZA PORTO VELHO

Em 2021, a Semed instituiu o Programa “Alfabetiza Porto Velho”, desenvolvido com o apoio de parceiros, entre eles, o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE/RO) que contribui com a consultoria e assessoria pedagógica. Com essa iniciativa, a Secretaria poderá capacitar professores alfabetizadores que facilitem a execução de um trabalho diferenciado com crianças do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental (EF).



Meta é alfabetizar 100% dos alunos até o 2º ano do Ensino Fundamental

“Constamos que, infelizmente, quase 50% dos nossos alunos do 3º ano ainda não saem totalmente alfabetizados da sala de aula e, cerca de 20% dos estudantes do 3º ano estão sendo reprovados. A gente sabe que isso ocorre por falta da alfabetização na idade certa”, reconheceu Gláucia.

Ela informou ainda que o programa conta com metas audaciosas como, por exemplo, alfabetizar 100% dos alunos até o 2º ano do Ensino Fundamental e promover uma complementação no último ano facilitando o desenvolvimento da leitura e da escrita. “Mas há a força de trabalho de nossos professores e de equipes técnicas da Semed, além da atuação dos gestores escolares na busca em alcançar os objetivos já definidos”, acrescentou.

PRÊMIO BOAS PRÁTICAS

Para incentivar a promoção de novas iniciativas na execução dos trabalhos no ambiente escolar, a Semed promove a 3ª edição do Prêmio Boas Práticas que, neste ano, é com a temática o “Ensino Remoto ou Híbrido”. Ações exitosas inscritas por professores da Educação Infantil, Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA), professores que atuam em sala de recursos, além da equipe gestora escolar poderão ser premiadas e terão a oportunidade de conhecer realidades vivenciadas fora do estado de Rondônia.

“O professor ganha com a oportunidade de ampliar a sua experiência dentro do seu campo de trabalho e também traz informações e ações inovadoras dentro da nossa rede”, destacou Gláucia.

Os trabalhos serão avaliados por uma banca técnica formada por integrantes da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Instituto Federal de Rondônia (Ifro), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RO) e Conselho Municipal de Educação (CME). Ao todo, dez trabalhos serão contemplados com um certificado e uma viagem.

PRIMEIROS PASSOS


Prefeitura investe em programas específicos na Primeira Infância

A Prefeitura de Porto Velho tem a responsabilidade de ofertar a Educação Infantil e Fundamental, conforme prevê a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Para esse atendimento, o prefeito Hildon Chaves determinou já no primeiro ano de sua gestão que fossem investidos em programas específicos na Primeira Infância.

O atendimento na rede municipal de Porto Velho começa a partir dos dois anos de idade. As famílias que buscam vagas não precisam mais “dormir nas filas”, como em gestões anteriores, e desta forma, o acesso às vagas passou a ocorrer com a Chamada Escolar Online a partir de 2017.

O programa “Primeiros Passos” foi criado neste ano e conta com três objetivos definidos: garantir a oferta de vagas à educação infantil, aparelhamento escolar e formação continuada aos profissionais de creches e pré-escolas.

“Todos atuam com a indissociação do cuidado e o educar. As crianças precisam ter acesso às vagas na Educação Infantil para que este desenvolvimento ocorra bem desde o início da sua infância”, completou.

SAÚDE NA ESCOLA

Em funcionamento há alguns anos, as escolas municipais contam com o programa Saúde na Escola (PSE). Ele ocorre com o objetivo de promover atividades que articulem saúde e educação, e prevê o enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens.

Educação municipal conta com o programa Saúde na Escola


Baseados no relatório parcial (janeiro a julho) do Ministério da Saúde (MS), em 2021, o município está em primeiro lugar entre os demais municípios pactuados em Rondônia na execução de 11 das 13 ações do PSE com o desenvolvimento de 4.037 atividades e 77.597 participantes. Ao todo, 66 escolas municipais e 23 creches estão pactuadas no PSE.

Além disso, todos os alunos recebem kits de higiene bucal. Com esta ação, também são beneficiados com o ensinamento de técnicas de escovação e utilização do fio dental, além de orientações odontológicas. Existe ainda um trabalho direcionado para o tratamento com profissionais de Fonoaudiologia, Audiometria e Oftalmologia, onde alunos com problemas de visão recebem o óculos indicado gratuitamente na escola. Todas essas ações são coordenadas pelo Departamento de Saúde Escolar (DSE).

 

 

Fonte/Créditos: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade