www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Sábado, 02 de julho de 2022

Geral

Randolfe: CPI do MEC precisa de apenas uma assinatura para instalação

Senador Randolfe Rodrigues anunciou que requerimento tem 26 das 27 assinaturas mínimas necessárias para sair do papel

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O líder da oposição no Senado Federal, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), anunciou, nesta quarta-feira (22/6), que falta apenas uma assinatura para a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ministério da Educação (MEC). O mais novo signatário, segundo o senador, é o líder do MDB, Eduardo Braga (AM).

Randolfe tenta, desde março, conseguir as 27 assinaturas mínimas necessárias para que o presidente da Casa Alta, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), decida sobre a instalação do colegiado.

Em dado momento, o requerimento chegou a ter os signatários suficientes, mas, em razão de pressão do governo federal, alguns desistiram de apoiar a comissão. À época, eles externaram temor pela realização de uma CPI em ano eleitoral, sob alegação de que o colegiado viraria um “palanque” para as eleições.

Agora, com a recente prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, a oposição ganhou novo fôlego na tentativa de tirar a CPI do papel. Há a expectativa de que o último signatário seja o presidente da Comissão de Educação, Marcelo Castro (MDB-PI). O emedebista não havia assinado o requerimento até a última atualização desta reportagem.

Fonte/Créditos: ultimosegundo

Comentários: