www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Terça, 02 de março de 2021
Publicidade
Publicidade

Geral

Registro de 44 mortes em 24 horas aciona sinal de alerta em Rondônia

A pandemia da Covid-19 parece estar fora de controle no Brasil. que pode ficar isolado do resto do mundo

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Se não fizeram antes, agora não existe nada que as autoridades na área de saúde pública e os governos estadual, municipal e federal possam fazer.  Não se fez nada no princípio por absoluta falta de bom senso. O presidente Jair Bolsonaro,  que talvez, secretamente, seja um brilhante epidemiologista, se fartou de fazer piadas e "receitar" cloroquina como remedio eficaz. Não foi apenas isso, mas a incompetência do Governo Federal contribuiu muito para o Brasil chegar  a tão tenebrosa situação, onde qualquer pessoa percebe, sem analise alguma, que a pandemia aqui está fora de controle.

Hoje (19) foram registrados 44 óbitos por Covid-19 em Rondônia, mas destes, os 27 correspondentes à capital está somado os casos de mortes ocorridas anteriormente a este período, pois a Prefeitura de Porto Velho está atualizando o banco de dados no e-SUS.

Dos 27 óbitos em Porto Velho, 13 são de mulheres (39, 41, 41, 50, 57, 61, 66, 69, 70, 77, 85 e 90 anos) e 14 homens (34, 35, 37, 45, 49, 58, 59, 60, 62, 66, 67, 68, 82 e 86)

Também foram registrados oito óbitos em Ji-Paraná, sendo duas mulheres (65 e 78) e seis homens (29, 52, 55, 57,78 e 83), outros três óbitos foram registrados em Rolim de Moura sendo duas mulheres de 69 e 93 anos e um bebê com menos de um ano de vida. Em Ministro Andreazza foram registradas mortes de uma mulher de 62 anos e de um homem de 74 anos. Cacoal registrou o óbito de um homem de 93 anos; em Pimenta Bueno, um homem de 65 anos; em Alvorada d’Oeste uma mulher de 48 anos; e em Vilhena, foi registrado o óbito de um homem de 79 anos.

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade