www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Terça, 02 de março de 2021
Publicidade
Publicidade

Geral

Vídeo do deputado preso não pode ser considerada "ação isolada"

O colunista JOAQUIM LOUREDO apresenta a questão vista de outro ângulo

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A ação coordenada foi uma tentativa ensaiada que começou com as revelações do General Villas Boas, passou pelo vídeo do deputado Daniel Silveira e prosseguiu  com a entrevista do apresentador Ratinho à rádio Massa FM. Mas no meio do caminho havia uma pedra.  Havia uma pedra no meio do caminho.

 O STF reagiu bem aos ataques antidemocráticos e ao Estado de Direito patrocinados ou organizados por grupos e indivíduos de extrema direita  à moda brasileira.  A reação do STF começou com a prisão da ativista Sara Winter, a líder dos 300 que pretendia invadir o STF. Sara foi pega com seu grupo atirando fogos de artifícios e tentando incendiar  o prédio da Suprema Corte. Presa pela Policia Federal em junho de 2020, continua com tornozeleira eletrônica enquanto faz uma reflexão sobre seus atos.  Militante da mesma causa, o Blogueiro Oswaldo Eustáquio também foi  enquadrado  em dezembro de 2020 por organização de atos antidemocráticos e Fake News. Por último, o Deputado Daniel Silveira que teve sua prisão decretada por Alexandre de Moraes e confirmada pelo plenário do STF e pela Câmara dos deputados no dia de ontem.

AS REVELAÇÕES  GOLPISTAS DO GENERAL VILLAS BÔAS

A onda de ataques velados a democracia havia sofrido uma pausa até vir a público as revelações contidas no livro de memórias do General Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército confirmando sua pressão sobre o STF para manter a prisão ilegal de Lula antes do transitado em julgado. Villas Bôas confessou que a postagem feita por ele no Twitter, na véspera do julgamento de habeas corpus do ex-presidente Lula em 2018 havia sido elaborado em comum acordo com o alto comando das forças armadas.  Todos sabiam que se Lula fosse liberado e candidato, ele seria eleito como indicava  todas as pesquisas de opinião à época. Foi golpe.

DANIEL SILVEIRA

A revelação de Vilas Boas, reanimou e reascendeu o espirito golpista adormecido  da extrema direita abalados pelas prisões de seus lideres conforme já foi dito. A extrema direita ensaiou um movimento em cadeia que começaria por Vilas Boas, passando por Daniel Silveira, Ratinho e espalhado por outros meios de comunicação e grupos de WhatsApp, Facebook e outros. 

Pra começar, o deputado gravou vídeo atacando o STF e incentivando atos de violência contra membros da Suprema Corte. Também defendeu o AI-5, Ato Institucional editado em 13 de dezembro de 1968 que concedeu ao presidente Marechal Costa e Silva, poderes para fechar o Congresso Nacional, todas as Assembleias Legislativas por tempo indeterminado, aposentar juízes e impor   censura aos meios de comunicação em todo o território nacional. O resultado disso vocês já conhece.

RATINH0 ATÉ QUE TENTOU AJUDAR

Na última quarta-feira 17 de fevereiro, foi a vez do apresentador Ratinho sugerir em entrevista à rádio Massa (uma concessão pública) de sua propriedade, intervenção militar estilo Singapura. O apresentador que deve R$ 80 milhões em impostos para o governo, disse que o presidente ditador deveria chamar todos os denunciados sem direito a defesa e dar 24 horas para que eles deixassem o país ou serem fuzilados. Segundo sua teoria, ele, o próprio Ratinho que já foi denunciado por trabalho análogo a escravidão e por sonegação teria certamente a opção de escolher entre deixar o país e ser fuzilado.

A AÇÃO COORDENADA DOS FASCISTAS SOFREU UMA DERROTA HITÓRICA E EM TEMPO RECORD.

Logo após o vídeo do deputado ir ao ar, o Ministro Alexandre de Moraes determinou sua prisão em flagrante, o Plenário do STF se reuniu e validou a prisão por unanimidade, 11 x 0, Por esmagador placar, 364 x 130, o Plenário da Câmara dos deputados também em tempo Record aprovou a prisão  do deputado dando uma resposta exemplar a tentativa golpista. O deputado deve ser cassado e permanecer preso por um bom tempo.

Que isso sirva de lição aos golpistas de ontem, de hoje e de sempre.

#DITADURA NUNCA MAIS.

 

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade