www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Sábado, 02 de julho de 2022

Política

VÍDEO:Marcos Rogério critica governo Marcos Rocha: “estado rico, povo pobre”

O senador destacou a incompetência e inoperância do governo Marcos Rocha em diversas áreas

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O pré-candidato ao governo de Rondônia, senador Marcos Rogério (PL), tem participado de eventos políticos no estado, em clima de campanha eleitoral. Por onde passa não poupa críticas ao atual governo do qual pretende suceder. Mesmo sendo um governo bolsonarista, segundo Rogério, o governador Marcos Rocha (União Brasil) não tem feito o dever de casa, ou seja, desenvolver o estado e melhorar a saúde e as estradas para escoar as produções agrícolas.

Durante o lançamento da candidatura do deputado estadual Eyder Brasil (PL) à reeleição, em Porto Velho na última sexta-feira, 17, o senador disse que será candidato ao governo, fazendo uma comparação bíblica, para consertar o estado, que segundo ele está destruído como Jerusalém, com o povo humilhado e sofrido. A crítica, claro, é ao governador Marcos Rocha que é bolsonarista como o senador.

As críticas às falhas na saúde e à falta de estradas e pontes na gestão Marcos Rocha foram feitas também na tarde de sábado, em Cacoal, durante evento do PSD, quando foram lançadas as candidaturas de Expedito Júnior ao Senado e Expedito Netto à reeleição para deputado federal.

Marcos Rogério destacou que, apesar da arrecadação do estado ter crescido em mais de 41%, mesmo durante a pandemia, não viu esses recursos aplicados em obras. “Mesmo diante da pandemia, o orçamento cresceu. E nesse período, os serviços acompanharam esse crescimento e estão melhores e mais eficientes para o povo? Infelizmente, não. Foi por isso que decidi me colocar como pré-candidato ao Governo de Rondônia. Para colocar ordem na casa e garantir que a população tenha o retorno dos seus impostos, com serviços públicos de qualidade”, destacou.

O senador elencou várias localidades que precisam de melhorias nas estradas e asfalto, como o distrito de Nova Dimensão e União Bandeirante, que sofrem por falta de estradas para levar o gado para os frigoríficos.

Comentários: