Hoje Amazônia - Portal de Notícias

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Geral

VÍDEO: Morador filma corpos de suínos espalhados pela rua no Rio Grande do Sul

Começou a circular, pelas redes sociais, um vídeo assustador de uma imensa quantidade corpos de animais pelas ruas

Hoje Amazônia
Por Hoje Amazônia
VÍDEO: Morador filma corpos de suínos espalhados pela rua no Rio Grande do Sul
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Recentemente, começou a circular, pelas redes sociais, imagens assustadoras do Rio Grande do Sul. Nos últimos dias, o estado tem passado por uma situação desastrosa, em decorrência das fortes chuvas que atingiram a região. No vídeo em questão, é possível ver corpos de animais pelas ruas após a água ter baixado em alguns lugares. A terrível cena comoveu muitos internautas, que seguem se movimentando para tentar ajudar o estado afetado.
O possível morador que gravou o vídeo estava andando de carro por uma zona rural quando se deparou com uma quantidade imensa de corpos de porcos na beira da estrada e em alguns terrenos. “Olha que absurdo, cara. Meu Deus do céu, olha isso”, declarou o homem bastante assustado com o cenário. Nas imagens, são incontáveis os corpos que aparecem e, vale lembrar, que o tamanho real do estrago ainda não é possível ser mensurado.

Leia Também:


“C*ralho que tristeza”; “Toda cadeia de sustentação do cotidiano de cidades, urbanas ou rurais, é destruída. Do básico do básico, como água para beber, comida e um teto, até os serviços de tecnologia. Tudo é abalado”; “Muito era falado dos animais que estão em nossas casas, mas as criações também se perderam nessa tragédia dolorosa”; “Bah tô evitando pensar nos bichinhos. Cenário devastador”; “Tadinhos. Imagina o sofrimento deles”, apontaram usuários do X – antigo Twitter.
Tragédia no Rio Grande do Sul
As chuvas no estado começaram no dia 27 de abril, mas ganharam força a partir do dia 29. Desde então, os moradores da região estão vivendo um grande pesadelo. Os temporais já deixaram mais de 80 mortos no RS, mais de 100 pessoas desaparecidas e quase 300 feridas, e os números ainda seguem aumentando. De acordo com informações do “G1”, a maioria das mortes aconteceu na Serra gaúcha e no Vale do Taquari. Os impactos das chuvas e das enchentes atingiram diversas áreas do estado. As partes mais afetadas são os vales dos rios Taquari, Caí, Pardo, Jacuí, Sinos, Gravataí, além do Guaíba, em Porto Alegre.

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!