www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Domingo, 09 de maio de 2021
Publicidade
Publicidade

Ciência & Tecnologia

 Brecha no WhatsApp permite que bloqueiem conta apenas com seu telefone

O método foi relatado pelos pesquisadores Luis Márquez Carpintero e Ernesto Canales Pereña na Forbes.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O WhatsApp tem sido alvo de diversos golpes durante a pandemia. Entretanto, uma brecha pode tornar possível que hackers bloqueiem a conta de um usuário apenas utilizando o seu número de telefone. Entenda agora como isso pode ser possível e quais os perigos envolvidos.

O método foi relatado pelos pesquisadores Luis Márquez Carpintero e Ernesto Canales Pereña na Forbes.

Para bloquear uma conta, o hacker apenas precisa baixar o aplicativo e digitar o número do telefone da vítima nele e tentar fazer login. Obviamente, ele precisará de um código de verificação para acessar a conta, entretanto, se o golpista tentar acessar utilizando um código errado diversas vezes a conta é bloqueada por 12 horas em todos os dispositivos.

Dessa forma, o usuário em questão fica impossibilitado de utilizar o WhatsApp em qualquer aparelho, mesmo não sendo ele o responsável pelo bloqueio.

Nesta etapa, o hacker envia um e-mail ao WhatsApp alegando que o celular daquela conta foi perdido ou roubado, afirmando que a conta não pode ser recuperada e precisa ser desativada. O aplicativo então verifica a conta por meio de um e-mail e a suspende.

O pior é que o hacker pode repetir esse procedimento diversas vezes, impedindo que o dono da conta do WhatsApp utilize-a quase que definitivamente, pois não há qualquer forma do dono legítimo impedir esse processo.

Embora o método e seus resultados sejam assustadores pela forma como pode ser realizado, é interessante mencionar que o hacker não tem acesso a nenhuma conversa ou dado privado do aplicativo em nenhum momento.

O WhatsApp não comentou sobre a falha na segurança, mas alertou que usuários podem evitar esse tipo de situação associando um e-mail a verificação de dois fatores no aplicativo, que é uma barreira de segurança adicional contra invasores. Dessa forma, a conta somente poderia ser bloqueada pelo mesmo e-mail.

De qualquer forma, espera-se que o WhatsApp inclua uma forma de proteção contra estes ataques junto das suas novas ferramentas de segurança que já estão sendo testadas em uma versão beta do aplicativo.

 

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade