www.hojeamazonia.com.br

OPÇÕES
Logo
Terça, 30 de novembro de 2021
Publicidade
Publicidade

Agro

Rondônia recebe Certificação Internacional como Zona Livre de Aftosa

Rondônia tem o sexto maior rebanho bovino do Brasil, com 14 milhões de cabeças

Publicidade
Publicidade
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O estado de Rondônia recebeu nesta quinta-feira (27) o reconhecimento internacional como zona livre de febre aftosa sem vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês).O estado já era reconhecido como área livre da aftosa pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) desde abril de 2020.

Hélio Dias, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia, disse que o momento é história e premia esforços dos produtores rurais iniciados vinte anos atrás.  “O grande mérito é do pecuarista, não importa o tamanho do seu rebanho. A constante vigilância e seriedade na vacinação foi decisiva para erradicar a febre aftosa em Rondônia. Agora vamos continuar com cuidados redobrados,” disse Hélio Dias.

 

LUIS CLAUDIO DA AGRICULTURA COMEMORA

O Secretário Municipal de Agricultura e Pecuária, Luis Cláudio, comemorou a decisão da organização internacional e lembrou que, quando Secretário de Estado da Agricultura, esteve empenhado em fortalecer as entidades responsáveis pela fiscalização e controle, como o IDaron. Quando Rondônia recebeu a certificação internacional como área livre com vacinação, Luis Cláudio esteve em Paris para receber o Selo.

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade