Hoje Amazônia - Portal de Notícias

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Esporte

Boston Celtics domina confronto contra Dallas Mavericks e se torna o maior campeão da NBA

Jaylen Brown recebe prêmio de MVP da Final e Jayson Tatum entra em Hall de grandes nomes da história da NBA.

Hoje Amazônia
Por Hoje Amazônia
Boston Celtics domina confronto contra Dallas Mavericks e se torna o maior campeão da NBA
Foto: Redes Sociais/Boston Celtics / Esporte News Mundo
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Em frente a sua torcida, o Boston Celtics dominou o confronto do jogo cinco contra o Dallas Mavericks do início ao fim, venceu por 106 a 88, e se sagrou campeão da NBA dentro de um TD Garden lotado para garantir o 18º banner e se tornar o maior campeão da NBA de forma isolada.

A dupla JayJay entregou mais uma atuação de gala na noite: Jaylen Brown recebeu o prêmio de MVP da série, após atuações cruciais em todas as vitórias de Boston na final, fosse no ataque, com assistências e uma média de 20,8 pontos por jogo, fosse na defesa com rebotes importantes, roubos e tocos que minavam Dallas.

Ja Jayson Tatum entrou para o hall seleto de sete jogadores que lideraram sua equipe em pontos, assistências e rebotes durante uma corrida de playoffs ao lado de Nikola Jokic, em 2023, Lebron James, nas conquistas de 2012, 2013 e 2016, Tim Duncan, em 2002, Hakeem Olajuwon, em 1994, e Larry Bird, em 1994 e 1996.

Leia Também:

A vontade de vencer de Boston não deixou de aparecer em momento algum durante o jogo. Derrick White chegou a perder um pedaço de um dente após disputa de bola com Derick Lively, mas retornou para o jogo, converteu linda bola de três logo após e fez grande jogo na noite.

Foram exatos três minutos até Dallas anotar seus primeiros pontos na noite e outros dois para sua segunda cesta. O início de jogo dos visitantes foi muito ruim, com a dupla Kyrie Irving e Luka Doncic com muitos erros de ataque. Do outro lado, Boston jogava como queria à frente de sua torcida, e apesar de também ter alguns erros, conseguiu vantagem logo cedo.

Dallas até conseguiu, com a entrada de Josh Green e Dante Exum, encostar no placar com as bolas de três. Mas o jogo parecia o contrário do restante da série: o elenco de apoio apareceu, mas Luka e Kyrie somaram 2 acertos em 9 tentativas no quarto inicial, 0 de 4 em bolas do perímetro, e ainda cederam uma sequência de turnovers nas mãos da dupla JayJay, que não desperdiçou e abriu 10 pontos de vantagem no que antes parecia um jogo equilibrado.

A falta de repertório de Dallas era visível: isolações para Luka, infiltrações de Luka, Pick'nPop puxados por Luka, Pick'nRoll com armação de Luka… Apesar do elenco de apoio aparecer, e ser o principal meio de pontuar da equipe, não passava de mero finalizador, sem grandes participações na criação de jogadas.

Já do outro lado, até mesmo Al Horford carregava a bola e armava o ataque de Boston. Jayson Tatum, que apenas no jogo 3 teve mais de 18 pontos, terminou o primeiro tempo com 16 além das 9 assistências, forma que mais contribuiu para a equipe na série contra Dallas. Jaylen Brown e Jrue Holiday também passaram dos 10 pontos no primeiro tempo.

E a cada desperdício de Dallas no segundo quarto, Boston cadenciava o jogo e armava as jogadas com ainda mais calma. Ponto a ponto, a equipe de Joe Mazzulla aumentava a distância, que passou dos 10 para 21 quando, com apenas 2 segundos após o rebote de Al Horford, Payton Pritchard anotou, mais uma vez, uma bola do meio da quadra para fechar o quarto.

Kristaps Porzings voltou à quadra depois de ficar fora nos dois jogos em Dallas e teve uma boa atuação, apesar de estar aparente sua falta de ritmo. O letão terminou com 5 pontos e 2 rebotes em 16 minutos, mas teve boas ações defensivas, principalmente contra Luka.

Os sete rebotes ofensivos de Boston no terceiro quarto igualaram o jogo inteiro de Dallas nesse fatídico jogo cinco. Apesar de um quarto com a menor pontuação e aproveitamento da noite, a intensidade de dos donos da casa se manteve para não dar brechas a uma reação de Luka e companhia.

E com um roteiro igual aos três quartos anteriores, o Boston Celtics controlou o último quarto, Dallas não deu sinal de reação em nenhum momento, e com 2:32 para o fim de jogo, e uma diferença de 21 pontos, Jason Kidd colocou os reservas em quadra e deixou o caminho livre para o Boston Celtics se tornar o maior campeão da história da NBA.

Destaques

Jayson Tatum não só terminou o jogo como cestinha da noite, como também entregou sua melhor partida no quesito. Foram 31 pontos, 11 assistências e 8 rebotes, que deixaram a estrela de 26 anos muito próxima a anotar seu primeiro triplo duplo em um jogo de final.

Jaylen Brown, MVP das finais, anotou 21 pontos, 8 rebotes e 6 assistências. Para completar a lista de jogadores de Boston com dígitos duplos, Jrue Holiday terminou com 15 pontos e Derrick White somou 14.

Por Dallas, Luka Doncic terminou com 28 pontos e 12 rebotes, mas entregou seu pior jogo nessa pós-temporada, com incríveis sete turnovers e apenas 2 de 9 em arremessos do perímetro. Kyrie Irving também teve péssimo jogo, como nas duas primeiras partidas no TD Garden, e terminou com um aproveitamento de apenas 31%.

FONTE/CRÉDITOS: terra
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!